EnglishPortugueseSpanish
Viajar e economizar é possível!
Postado por Estela T em setembro 21, 2019

Muitas vezes exageramos na medida e uma viagem acaba ficando muito mais cara simplesmente porque não houve planejamento! Neste post tentarei ajudar você a economizar em viagens mesmo com o dólar e euro nas alturas!

Photo by Jp Valery on Unsplash

E já passei a dica logo no primeiro parágrafo: Planejamento!

Sim! Viajar sem gastar muito tem que ter planejamento e muita organização mental para segurar as expectativas e não gastar à toa. Para ajudar nesta tarefa passo algumas dicas, algumas bem básicas, aliás:

Viajar e economizar é possível!

Pesquise a fundo sobre o lugar que você quer viajar e veja se a época escolhida é alta temporada para o destino.

Geralmente os preços em meses de alta temporada ficam de 50% até 100% mais caros. Além de passagens aéreas e hospedagem mais cara, provavelmente você mal vai conseguir aproveitar o destino de forma plena porque ficará horas em filas e em esperas. Verifique também se há grandes eventos ou feriados que façam com que um contigente enorme de pessoas se desloquem ao seu destino porque, assim como na alta temporada, tudo fica mais caro! Para evitar preços absurdos, geralmente eu viajo par ao Hemisfério Norte no começo da Primavera (que ainda é praticamente inverno) ou começo do Outono, época em que as férias deles acabam e os preços de alta temporada voltam ao normal. Não viajo em feriados e também não viajaria na Primavera ao Japão, por exemplo, visto que é a época do hanabi ou desabrochar das cerejeiras, um evento muito esperado em todo o Japão e que atrai muitos turistas do mundo todo.

Viajar e economizar é possível

Compre suas passagens com antecedência.

Esta é a única e fundamental regra para economizar com passagens, mas mesmo assim tem a sua exceção! Alguns dizem que existem certos dias da semana para selecionar o vôo da ida (geralmente indicam terça-feira) mas eu já fiz inúmeras simulações e percebi que dependendo do destino, tal regra vira exceção. Então a que mais funciona é comprar com muitos meses de antecedência. Mas acreditem que até nisso há exceção. Já tomei a decisão de viajar para Itália no mês de Janeiro (no Natal) e emiti as passagens na primeira semana de Janeiro para viajar no dia 19/01 e comprei a passagem mais barata da minha vida para a Europa (R$2.300 com euro a R$4,2).

Viajar e economizar é possível

Malas despachadas

Hoje as malas que você despacha são cobradas à parte e não custam lá muita coisa. Porém, se você tem várias malas para despachar e, além das suas, tem de todo o pessoal que você vai viajar junto, entenda que a vida fica muito mais prática se você praticar o desapego e levar menos malas possíveis.

Uma forma para isso acontecer é justamente levar menos roupas e acessórios. Lógico que cada caso é um caso, mas acreditem que eu já fui para a Itália no inverno com o namorado que tem 1,83m de altura e, numa viagem de 20 dias, levamos apenas uma mala pequena para os dois além da minha mochila com câmera e laptop. Ou seja, nem despachamos mala nesta viagem! É possível porque era uma época fria e, portanto, não iria sujar as roupas com suor e, de todo modo, hoje eu nem ligo mais pra roupa ou para aparecer nas fotos toda combinandinho com o lugar ou coisas do tipo. Hoje priorizo meu conforto, vou de legging e tênis mesmo e pronto. Mas não condeno ninguém que queira levar tanto peso.

Viajar e economizar é possível

Você realmente precisa comer todos os dias em restaurantes?

Comer em um restaurante todos os dias na sua cidade, pagando do bolso, já é algo pesado, imagine quando nós ganhamos em reais e tem que pagar em euro ou dólar? Pois é... fica uma bigorna, não?

A dica aqui é pesquisar locais que você pode comer comidinhas mais baratas, lanches saudáveis para petiscar e coisas afins. Várias vezes em viagens eu petiscava algo no almoço e no fim do dia jantava com dignidade. E se você for mais pão duro, pode ainda ficar petiscando todos os dias e escolher alguns dos dias para jantar ou almoçar em restaurantes mais bacanas.

Viajar e economizar é possível

Você realmente precisa ficar em uma rede de hotel internacional?

Existem redes de hotéis internacionais baratas, isso é fato, mas aqui eu estou falando daquelas redes mais caras com serviço padronizado e café da manhã "continental". Eu gosto mesmo é de hotéis locais com atendimento mais próximo dos costumes locais, com café da manhã local e coisas diferentes. Além de serem geralmente um pouquinho mais baratos, a gente ajuda o pequeno empresário local, não é mesmo?

Outra dica também são os B&B que são muito mais legais do que qualquer hotel porque às vezes a gente é inserido dentro da casa de um local! Ter esta experiência é muito melhor e barata

Viajar e economizar é possível

Use a estratégia logística

Na hora de planejar a sua viagem, abra o mapa e veja onde estão todos os pontos de interesse principais e, neste sentido, tente encontrar a sua hospedagem ideal. Obviamente quanto mais no centro turístico, mais caro, mas mesmo assim dá para encontrar algo bacana no meio de quase tudo o que você vai visitar. Usando esta estratégica, é muito provável que você fará todos os circuitos a pé, não seno necessário usar taxi, uber e nem transporte público, economizando um pouco mais!

Viajar e economizar é possível

Não tenha medo de usar companhias de low cost

Já ouvi tanto mito sobre as companhias low cost que só os desmistifiquei quando finalmente usei e vi que era tudo bullshit o que o povo fala. São companhias aéreas super baratas e eficientes, mas saiba que eles cobram para despachar mala (e o preço é alto). Geralmente elas saem dos aeroportos menores das cidades e vale muito a pena. Para se ter uma noção, cheguei a economizar R$1.000 em uma passagem por ter optado pela Ryan Air.

Viajar e economizar é possível

Modo de pagamento

Tá certo que usando o cartão de crédito você acumula milhas, mas tem o IOF e você acaba meio que perdendo o controle e pode correr o risco do câmbio fechar mais alto no futuro (ou pode ter sorte com a baixa, isso é uma loteria nos dias de hoje). Hoje em dia, um cartão pré pago internacional, apesar de ser cobrado também o IOF quando você o carrega, você acaba sendo mais comedido nos gastos porque possui um "limite"de gastos diários. Usar um cartão pré pago faz com que eu não gaste à toa com bugigangas e coisas que não farão falta na minha vida. Isso porque também prefiro viver as coisas do que coletar coisas e bibelôs de viagem pra mim só servem para acumular pó.

Viajar e economizar é possível

Leia sobre dicas de segurança e como evitar golpes nos locais que vai visitar.

Gente querendo passar a perna em turista é o que mais tem por aí e, se você tem cara de turista, urubus se aproveitarão com certeza! Faça este tipo de pesquisa no Google e leia diversos conteúdos deste tipo para saber como evitá-los e, possivelmente, não gastar dinheiro desnecessário para sair de uma fria ou por ser extorquido.

Viajar e economizar é possível

Gratuidade

Fique de olho nas atrações gratuitas das cidades e também cheque se, por exemplo, museus possuem também dias da semana onde o valor da entrada é reduzido ou gratuito! Isso pode acontecer! Se você for a um lugar que nós fomos e, portanto, está neste blog, vai encontrar todas estas informações atualizadas!

Bom, estas são as estratégias que eu faço. E você? Tem alguma outra para compartilhar? Será que eu esqueci de algum outro macete? Se tiver uma sugestão, comente aí!

Photo by Jp Valery on Unsplash

 

Deixe seu comentário / Nenhum comentário

Itinerário de Viagem (C) Direitos reservados
desenvolvido por