EnglishPortugueseSpanish
AGENDA: O Festival das Estrelas (Tanabata Matsuri)
Postado por Estela T em junho 17, 2019 Editado em junho 28, 2019

Está chegando mais um Festival das Estrelas (Tanabata Matsuri), o que significa que a grande oportunidade para ter os seus desejos atendidos pelas estrelas também está chegando!

Decoração do Tanabata Matsuri ou Festival das Estrelas no bairro da Liberdade em São Paulo

 

Origem do Tanabata Matsuri ou Festival das Estrelas

Para quem não sabe o Tanabata Matsuri é, na realidade, de origem chinesa, inspirada em um lenda que possui mais de 2 mil anos de idade. Lá na China, o festival recebe o nome de "Qixi Festival" e é o equivalente ao Dia dos Namorados deles.

O festival foi levado ao Japão pela imperatriz japonesa Koken no ano de 755 e logo foi adotado no Palácio Imperial de Kyoto, no período Heian (794 a 1185). Mas foi no Período Edo (1603 a 1868) que ficou popular e acabou se misturando aos tradicionais festivais Obon, que são as festividades japonesas no verão.

O festival no Japão acontece no verão de lá, portanto sempre no mês de Julho e é conhecido aqui como Festival do TanabataFestival das Estrelas, ou ainda Festival da Sétima Noite.

Decoração do Tanabata Matsuri ou Festival das Estrelas no bairro da Liberdade em São Paulo
Tanabata Matsuri ou Festival das Estrelas no bairro da Liberdade em São Paulo

dicas para conhecer o tanabata matsuri em são paulo

a lenda do tanabata matsuri

A Lenda do Tanabata Matsuri, o Festival das Estrelas

O mito do Festival das Estrelas é sobre a história de amor entre duas estrelas: Orihime e Hikoboshi. Veja só a bela lenda:

Orihime morava próxima a Via Láctea Amanogawa e era conhecida como a "Princesa Tecelã", mas vivia sempre triste por estar muito atarefada e não ter tempo para se apaixonar. Seu pai, Tenkou, conhecido como "O Senhor Celestial", vendo a tristeza da filha, apresentou-lhe Hikoboshi, acreditando que ele fosse o par ideal para sua filha. Orihime e Hikoboshi sempre foram muito trabalhadores e responsáveis com seus assuntos, mas logo se apaixonaram e se casaram, e acabaram deixando de lado todos os seus afazeres e obrigações de lado focando apenas no amor que um tinha pelo outro. Desta forma, o pai Tenkou ficou muito raivoso e separou o casal, obrigando-os a morar cada um em lados opostos da Via Láctea.

Orihime ficou muito triste, mais triste que antes quando não tinha tempo para se apaixonar e, então, seu pai ficou comovido com tamanha tristeza e permitiu que o casal se encontrasse uma vez por ano no sétimo dia do sétimo mês, com a condição de que, neste dia, eles realizassem todos os pedidos vindos do Planeta Terra. 

Na mitologia japonesa, os dois são representados pelas estrelas Vega (Orihime) e Altair (Kengyu) e elas realmente existem em lados opostos da galáxia. E além disso, só são vistas juntas 1 vez ao ano! Acredita-se ainda que se nesse dia estiver chovendo, significa que Orihime e Hikoboshi não conseguiram se encontrar e terão que esperar mais um ano inteiro para tentarem novamente.

Há um outra versão da lenda onde existe na foz da Via Láctea um barqueiro que leva Orihime até o encontro do seu amado Hikoboshi, porém, se ela não fizer o seu trabalho direito, seu pai inunda o rio impossibilitando a sua travessia. Quando isso acontece, com o choro de Orihime, um grupo de pássaros forma uma ponte ajudando-a a atravessar. Logo, esta outra versão explica que, quando chove no dia do Tanabata, é porque as aves não formaram a ponte, fazendo com que Orihime e Hikoboshi não se encontrem e faz com que a realização dos desejos fiquem em standby até o próximo ano.

 

 

Tanabata Matsuri ou Festival das Estrelas no bairro da Liberdade em São Paulo

dicas para conhecer o tanabata matsuri em são paulo

Como funciona o Festival das Estrelas

Você escreve um desejo nos tanzaku (que são tiras de papel coloridas onde cada cor representa um tipo de desejo) e você ainda pode escrever o seu desejo e assinar. No final do dia, à noite, todas as tiras de papel coloridos são queimadas junto com bambus. A crença vem de uma lenda onde, acredita-se, que a fumaça da queima das tiras de papel leva os desejos até as estrelas.

As tirinhas de papel são baratas, custam uns R$2,00 e existem várias barraquinhas que as vendem e há várias árvores de bambus para você prender o seu desejo.

Em 2019 o Festival das Estrelas terá sua 41º edição e ocorrerá dias 13 e 14 de Julho no bairro da Liberdade em São Paulo, onde é realizado há mais de 30 anos. Já no Japão o festival é celebrado há mais de 1.150 anos!

O festival ocorre nas ruas do bairro da Liberdade, então, não é necessário pagar para participar. Mas se prepare porque o festival reúne cerca de 100 mil pessoas, então, se você não gosta de lugares cheios, evite. Mas vale a pena apreciar o colorido e decoração das ruas, além de assistir a vários eventos típicos como apresentações musicais de canto, taikô, danças japonesas, etc.

Se você já quer deixar o seu desejo meio que pensado antes de chegar no festival, saiba o significado de cada cor das tiras de papel:

Branco - Paz
Verde - Esperança
Amarelo - Dinheiro
Rosa - Amor
Azul - Proteção
Vermelho - Paixão

É praticamente a crença brasileira das cores das roupas que se usa no reveillón (além das cores das calcinhas para as mulheres) 

Apresentação musical no Tanabata Matsuri ou Festival das Estrelas no bairro da Liberdade em São Paulo
Cosplay no Tanabata Matsuri ou Festival das Estrelas no bairro da Liberdade em São Paulo

Informações:
Datas e horários: 13 de julho de 2019 – das 10h30 às 19h e 014de julho de 2019, das 10h30 às 18h
Entrada: Gratuito
Endereço: Praça da Liberdade - São Paulo-SP (próximo à estação Liberdade do metrô, linha Azul)

 

Todas as fotos, vídeo e textos são de autoria de Itinerário de Viagem. Direitos reservados, por favor, respeite!

Deixe seu comentário / 2 Comentários

  1. Responder
    Andre

    O 41 Tanabata Matsuri da liberdade não seria nos dias 13 e 14 de julho de 2019?

    • Responder
      Estela T

      Você está correto! Na época que escrevi o post era a data que haviam me confirmado, mas agora é 13 e 14 😉 Obrigada por avisar!!!

Itinerário de Viagem (C) Direitos reservados
desenvolvido por