EnglishPortugueseSpanish
#MuseumWeek: Pinacoteca do Estado de São Paulo
Postado por Estela T em abril 23, 2018 Editado em março 31, 2019

E foi dada a largada à semana dos museus, um evento mundial de redes sociais para difundir ainda mais os museus que admiramos! A RBBV - Rede Brasileira de Blogs de Viagem não fica de fora desta campanha e, colocando a hashtag, nós do Itinerário de Viagem elegemos para este ano como destaque #MuseumWeek: Pinacoteca do Estado de São Paulo.

A escolha surgiu quando eu, Estela, percebi o quanto já usei e abusei deste museu (e ainda uso e abuso). Então nada mais justo do que homenageá-lo nesta semana que durará de 23 a 29 de Abril no mundo todo! Esta é nossa homenagem à Pinacoteca!

Conheça a Pinacoteca do Estado, São Paulo, Brasil, Crédito da foto: Rogério Cassimiro - MTUR

Crédito da foto: Rogério Cassimiro - MTUR

Conheça a Pinacoteca do Estado

 

Uma breve história sobre a Pinacoteca

Conheça a Pinacoteca do Estado
O prédio onde se encontra a Pinacoteca de São Paulo era para ser uma escola. Do seu projeto original (de Ramos de Azevedo e Domiziano Rossi) algumas partes ficaram faltando, mas acho que o charme do prédio está justamente aí, no seu 'não acabamento'. Como acabou não tendo por muito tempo a função original de ser um Liceu de Artes e Ofícios, o prédio acabou abrigando imigrantes que desembarcavam da Estação da Luz e foi lá que muitos destes imigrantes recebiam aula e treinamento para obterem conhecimentos em agricultura ou atividades fabris.
Conheça a Pinacoteca do Estado, São Paulo, Brasil

Um dos dois pátios internos da Pinacoteca

 

Em 1911 se tornou um museu público Estadual e, com o significado da palavra "Pinacoteca", era inicialmente um museu voltado às pinturas. O acervo original foi basicamente proveniente de doações das famílias burguesas paulistanas, muitas delas das famílias abastadas dos Barões do Café e também de obras do antigo Museu do Estado (que hoje é o Museu Paulista da Universidade de São Paulo - comumente conhecido como Museu do Ipiranga). Lá encontram-se obras lindíssimas de Almeida Júnior, além de Pedro AlexandrinoAntonio Parreiras e Oscar Pereira da Silva.

Conheça a Pinacoteca do Estado, São Paulo, Brasil, Almeida Junior

Acervo da Pinacoteca, com a bela obra à esquerda de Almeida Jr.

 

Conheça a Pinacoteca do Estado, São Paulo, Brasil

Classicismo e contemporâneo

Conheça a Pinacoteca do Estado, São Paulo, Brasil

Esculturas também fazem parte do acervo

Como era um prédio inacabado, na década de 1990 o escritório do arquiteto Paulo Mendes da Rocha foi chamado para dar um "trato" no projeto inicial, e o que vemos no seu interior é algo muito certeiro: tetos de vidros e passarelas industriais, dando um contraste muito interessante nos tijolos expostos da construção.

Sou muito fã de tudo da Pinacoteca!

Mas nem só de arte classicista vive a Pinacoteca! Há um riquíssimo acervo de arte contemporânea, com nomes brasileiros muito importantes. Além disso, a Pinacoteca realiza muitas exposições temporárias como de Andy Warhol, Ron Mueck (que levou milhares de visitantes) e da TATE.

Conheça a Pinacoteca do Estado
Conheça a Pinacoteca do Estado

Outras boas razões para visitar a Pinacoteca do Estado de São Paulo

Além do belíssimo prédio histórico, há um pequeno café dentro da Pinacoteca para dar aquela bela pausa na sua visita. Uma parte do café possibilita ao visitante degustar sua bebida ou lanche em uma pequena parte dentro do Parque Jardim da Luz que conta com várias esculturas expostas, outro ponto muito vantajoso para visitar a Pina.

 

Pinacoteca do Estado de São Paulo, cafeteria, Jardim da Luz

Uma das esculturas no Jardim da Luz

Pinacoteca do Estado de São Paulo, cafeteria

A cafeteria no Jardim da Luz

A Pinacoteca também administra o espaço denominado chamado Estação Pinacoteca (ou Estação Pina) que ocupa o antigo edifício do DOPS, no Bom Retiro. Da Pinacoteca até a Estação Pina você pode ir a pé, porém é necessário tomar um pouco de cuidado com assaltos (ultimamente muitos moradores de rua e dependentes químicos ficam bem em frente ao prédio da Estação Pina e espero que a situação deles e da Pina melhore). O prédio é destinado a exposições temporárias de arte contemporânea, abriga a Biblioteca Walter Wey e o Centro de Documentação e Memória da instituição, o chamado Memorial da Resistência. Então, além da Pinacoteca, você tem a Estação Pina + Biblioteca Walter Wey + Memorial da Resistência para visitar!

 

Conheça a Pinacoteca do Estado, São Paulo, Brasil, Estação Pina

Exposição de arte contemporânea na Estação Pina

Conheça a Pinacoteca do Estado, São Paulo, Brasil, Estação Pina

Exposição de arte contemporânea

Conheça a Pinacoteca do Estado, São Paulo, Brasil, Estação Pina, Memorial da Resistência

Exposição no Memorial da Resistência

Conheça a Pinacoteca do Estado, São Paulo, Brasil, Estação Pina, Memorial da Resistência

Um aposento de presos do Memorial

 

A vantagem de se visitar o conglomerado da Pina, é que ela fica ao lado do metrô Luz e é onde fica a lindíssima Estação da Luz. Provavelmente no começo de 2019 teremos de volta o Museu da Língua Portuguesa que é fantástico. Eu já fui, porém, não havia feito registros antes do museu pegar fogo...

Além de tudo isso a Pinacoteca oferece cursos sensacionais e gratuitos com temas que vão desde aspectos de inclusão social à história da arte, e já digo a vocês que é tudo feito com muita dedicação e profissionalismo! Posso garantir porque eu participo de um curso e, cada vez mais, fico ainda mais apaixonada por este museu!

Conheça a Pinacoteca do Estado

A Estação da Luz

Conheça a Pinacoteca do Estado, São Paulo, Brasil, Estação da Luz

Interior da Estação da Luz

Conheça a Pinacoteca do Estado

Informações para visitar a Pinacoteca:
Horário de funcionamento: Terça a domingo das 10h às 17h30 com permanência até as 18h.
Endereço: Praça da Luz, 02  (Possui bicicletário e estacionamento gratuito)

Informações para visitar a Estação Pinacoteca + Memorial da Resistência:
Horário de funcionamento: 
Terça a domingo, das 10h às 17h30.
Endereço: Largo General Osório, 66  (Estacionamento: Rua Mauá, 51 - R$ 13,00 por 3h)
Biblioteca Walter Wey: Terça a sexta, das 10h às 17h30. Sábados e feriados, das 10h às 13h e das 14h às 17h30.
Centro de Documentação e Memória: Terça a sexta-feira, das 10h às 17h30

 

Leia mais sobre outros museus no mundo destes blogs que estão fazendo parte desta blogagem coletiva:

Destino Compartilhado - Lyon - Museu do Cinema e da Miniatura
Let's Fly Away - Santiago - Museu Chileno de Arte Precolombino
Buenas Dicas - Bogotá - Museu Botero
Chicas lokas - Boston - Museu de Artes de Boston
Tá indo pra onde? - Modena e Maranello - Museus da Ferrari em Modena e Maranello
Turistando.in - Viena - Museu Albertina
E aí, Férias! - Roma - Museu Nazionale Romano
Comendo Chucrute e Salsicha - NYC - Nova York - Os 4 Museus Mais Visitados
Viagens Invisíveis - Viena - Museus imperdíveis em Viena

Deixe seu comentário / 18 Comentários

  1. Não sei o que é mais lindo: o prédio da Pinacoteca, o jardim ali perto ou as obras dentro dela! rs Não que a gente precise escolher – melhor curtir td! Já faz tanto tempo que visitei que já preciso voltar!!!

    • Responder
      Itinerário de Viagem

      É verdade… é tudo lindo na mesma proporção! Volta assim que puder! Bjs

  2. Acho essa localização do Museu uma das coisas mais legais dele, porque o melhor jeito de chegar lá é passando pela linda Estação da Luz. Torcendo pro novo Museu da Língua Portuguesa inaugurar logo mesmo.

    • Responder
      Itinerário de Viagem

      Nossa… também adoro todo o cenário em volta da Pina… além disso tem até o Museu de Arte Sacra né… é opção cultural que não acaba mais rs. Também estamos torcendo pro Museu da Língua Portuguesa voltar logo às atividades! Bjbj

  3. Responder
    Ana Carolina Santos

    Adorei!!! Já tinha vontade de conhecer, mas agora estou mais encantada!

    • Responder
      Itinerário de Viagem

      Então se programe para visitar já, porque realmente vale a pena! Bjbj

  4. Faz mais de 10 anos que visitei a Pinacoteca, estou precisando voltar! Obrigada por nos lembrar das pérolas aqui no quintal de casa!

    • Responder
      Itinerário de Viagem

      10 anos?!?!? É muito tempo! Corre pra lá! E sim… adoro explorar nossas preciosidades e divulgá-las do jeito que deveriam, ou seja, com muito carinho! Bjbj

  5. Amei a Pinacoteca! Fui naquela viagem que nos conhecemos e fiquei muito impressionada. Tudo é lindo, o café, as instalações, as obras. Muitos artistas brasileiros que eu não conhecia. Seu post mostra tudo isso. Parabéns Fernanda! Bjs

    • Responder
      Estela T

      Nivia, muito obrigada pelos comentários! Não precisa se desculpar rsrsrsrs o dia é corrido e é doideira mesmo… Mas volta aí pra Pina e a gente marca junto com a Fernanda um encontro 😉 bjbj

  6. Estela, não acredito que nunca fui na Pinacoteca. Como moradora de São Paulo, isso é uma vergonha. Seu post é um incentivo!

    • Responder
      Estela T

      Caramba! Ludmila, vai lá, é super prático chegar! E está rolando uma exposição linda da artista Hilma af Klint, uma pegada bem contemporânea. Quem sabe a gente marca um café e uma visita juntas? Fico muito feliz que o post serviu de incentivo! Bjbj

  7. Adoro esse museu. Acho muito agradável passear por ele. Quando visitei não cheguei ir ao jardim porque chovia muito. Pelas fotos me pareceu bem agradável. Concordo com você que a arquitetura desse museu é muito legal, para mim um dos pontos altos!

    • Responder
      Itinerário de Viagem

      Sim! A arquitetura é impressionante!!!! Bjbj

  8. Responder
    Emilia Brito

    Adoro a Pinacoteca e a sua dobradinha com a Estação Luz! Só me trás boas lembranças!!!!

    • Responder
      Itinerário de Viagem

      Este museu é demais né? Bjbj

  9. A Pinacoteca é um dos meus museus favoritos! Fantàstico inclusive para fotografar! E quanto ao que fazer ali pelo bairro da Luz e Bom Retiro, eu sempre aconselho dar uma esticadinha e visitar o Museu de Arte Sacra!

    • Responder
      Itinerário de Viagem

      Sim! Tem muita coisa boa lá perto para visitar! Bjbj

Itinerário de Viagem (C) Direitos reservados
desenvolvido por