EnglishPortugueseSpanish
PUNTA DEL ESTE
Postado por Gisela S em novembro 17, 2012 Editado por Estela T em abril 21, 2017
punta-del-este-01

O porto

Punta del Este é a mais famosa península do Uruguai, localizada entre o Oceano Atlântico e o Rio da Prata. Sua população de 7.500 habitantes recebe cerca de 100mil visitantes nas temporadas de verão. Sua fama deve-se principalmente a uma agitada vida noturna, casinos de luxo, restaurantes e casas de luxo, desta forma também atrai jogadores de futebol, modelos e emergentes.

O movimento no entanto ocorre na alta temporada e a maior parte dos hotéis fecham as portas depois da Páscoa, reabrindo apenas em dezembro.

A cidade é tão pequena, que podemos organizar o itinerário nas seguintes partes:

  • Na Av. Gorlero está no meio da península entre as praias de rio e as banhadas pelo mar. Nessa avenida estão as opções lojas e hotéis mais caros da região.
  • Rambla Artigas tem um calçadão que concentra bares e restaurantes de luxo, principalmente, nas proximidades do porto.
  • Na Plaza de los Ingleses (Plazoleta Gran Bretaña) está a âncora do navio Ayax (navio que participou da batalha do Rio da Prata em 1939), marcando o local onde rio e mar se encontram. Na mesma rua fica o Farol de Punta del Este com 43m de altura, inaugurado em 1860.
  • Na Praia Brava localiza-se La Mano, escultura do chileno Mario Irarrazabal que é ponto turístico da cidade.

 

Passeio rápido

Eu fiz um tour rápido pela cidade com o ônibus que saia com o grupo do cruzeiro marítimo onde estava passando o reveillon. Nesse tour passamos rapidamente pela cidade, bem no estilo "city tour", seguindo para os bairros residenciais mais afastados, onde ficam as mansões de ricos e famosos.

Seguimos para Punta Ballena onde paramos e aproveitamos para tirar fotos de um campo de flores silvestres em frente ao mar e vimos, muito pouco, a Casapueblo (que tem melhor vista pelo mar). Após isso, seguimos para Lapatariaonde são produzidos doce de leite, licores e queijos. Descemos na Praia Brava e passeamos a pé pela Avenida Gorlero e na Rambla Artigas, voltando para o porto.

punta-del-este-02

La Mano

punta-del-este-05

Vista de uma das praias

punta-del-este-03

Aduana

punta-del-este-04

Farol

Lapataria, fabricação de doce de leite e chocolates

Lapataria, fabricação de doce de leite e chocolates

 


 

Mais dicas e sugestões:

  • Para quem quiser se planejar e ficar mais tempo na cidade e conhecê-la melhor, há uma sugestão de se hospedar na famosa Casa Pueblo, que é um Club Hotel. Muitas pessoas se hospedam no Casino para aproveitarem as possibilidades de jogos disponíveis. O Conrad é o casino mais famoso dessa cidade de festas.
  • Vale a pena comprar doce de leite e alfajores. Ambos, assim como os artigos de vestuário, podem ser facilmente encontrados na Avenida Gorlero. Nessa avenida também há várias lojas de souvenires, coqueluche dos turistas.
  • Há vários restaurantes interessantes na Rambla Artigas, mas não paramos para comer por lá.
  • Visite a Casapueblo que é um notável complexo predial branco às margens do mar e é o endereço de um restaurante, um hotel e o atelier do artista uruguaio, Carlos Páez Vilaró. Este endereço fica a uns 15km de distância do centro de Punta.
  • Próximo a Punta fica a Isla de Los Lobos, onde existem dezenas de lobos marinhos e é possível fazer um passeio para ver os animais de perto.
  • Para quem não quer locais agitados pelos turistas podem tentar o antigo vilarejo pesqueiro chamado "José Ignacio". Fica a 45km de distância e é um misto de rústico e sofisticação.
  • Procure a Fundación Pablo Atchugarry que é uma fundação sem fins lucrativos que abriga um jardim de esculturas de diversos artistas. Algumas peças do próprio artista que dá nome à fundação são apreciadas por lá, feitas de mármore Carrara. Gratuito.
 
ATENÇÃO: Algumas informações descritas no site podem mudar, como por exemplo, preços, horários de funcionamento e até mesmo endereços. Consulte sempre antes de ir! Não possuímos vínculos com as empresas, serviços e profissionais mencionados neste site.
 

Deixe seu comentário / Nenhum comentário

Itinerário de Viagem (C) Direitos reservados
desenvolvido por