EnglishPortugueseSpanish
BRUGGE
Postado por Gisela S em agosto 24, 2016 Editado por Estela T em maio 5, 2017

BRUGES : dicas do que fazer na linda cidade medieval para quem tem pouco tempo na cidade incluindo sugestões de passeios e muito mais!

 

Durante minha curta viagem para Amsterdam aproveitei para conhecer 2 cidades famosas da Bélgica: Bruges e Bruxelas. Fiz um bate-volta a cada uma dessas cidades. Peguei o trem cedinho na estação 'Amsterdam Centraal' e voltei no final do dia.

Eu já tinha comprado 2 dias de trem aqui no Brasil mesmo, pois as passagens para turistas são mais baratas quando compradas ainda no país de origem. Comprei na CI Intercâmbios que é uma das autorizadas no Brasil a imprimir os passes de trem europeus por aqui.

Brugge, Bruges, Belgica, Belgique, Belgium, Europa, Medieval, cidade medieval, medieval cityBruges é uma cidade muito bonita, de visual muito romântico e medieval. É considerada Patrimônio da Humanidade desde 2000, pois seu centro histórico é um exemplo muito bem conservado da época medieval. Historicamente, Bruges chegou a ser uma grande cidade, maior até que Londres. Seu foco era a produção têxtil. Nessa época a cidade tinha um canal que se conectava ao mar. Quando o canal secou e a cidade perdeu acesso ao mar, Bruges ficou isolada. Nesse momento a Antuérpia (hoje a segunda maior cidade da Bélgica) e seu porto foi crescendo, deixando Bruges para trás.

Brugge, Bruges, Belgica, Belgique, Belgium, Europa, Medieval, cidade medieval, medieval cityAtualmente, a cidade tem cerca de 117 mil habitantes e é capital da província de Flandres Ocidental, na região belga de Flandres.

É uma cidade muito turística, havendo possibilidade de passeios de barco pelos canais, visita a cervejarias e a produção de chocolates, além de uma simples e linda caminhada.

Logo que cheguei na cidade reparei nos cavalos. Há até fontes com cara de cavalo... rsrsrsrs 😉

E é lógico, você pode fazer passeios de carruagem. Este passa pelos principais pontos da cidade (a cidade é pequena, se você quiser fazer a pé é super viável). Eu, escolhi caminhar pela cidade para curtir ela devagar.

Além da beleza da cidade você vai reparar que há também vários cisnes pelos canais. Existe uma lenda que diz que os vários cisnes surgiram em Bruges como uma "maldição" à cidade feita pelo imperador Pieter Lanchals (Lanchals significa "pescoço longo" e o brasão da família é um cisne) após sua execução. Bom, essa parece ser uma "linda" maldição.

 
Olhando a foto superior esquerda, podemos ver à esquerda a entrada de um dos locais considerados Patrimônio Mundial pela UNESCO o "Flemish Béguinages" ou, em português, Beguinaria Flamenga.
Brugge, Bruges, Belgica, Belgique, Belgium, Europa, Medieval, cidade medieval, medieval city, ponte, bridge

 

 

 

Flemish Béguinages

 

Brugge, Bruges, Belgica, Belgique, Belgium, Europa, Medieval, cidade medieval, medieval city, Flemish BéguinagesUma Beguinaria (Begijnhof ou Béguinage, em holandês) é um conjunto de prédios utilizados pelas beatas Beguinas da Igreja Católica Romana dos Países Baixos.

Esse grupo de beatas surgiu especificamente em Liège, parte francesa da Bélgica. Existem beguinarias na Holanda, França e Alemanha. Se você for para Amsterdã, há também uma na cidade.

O surgimento das beguinarias está associado à proteção das mulheres que sofriam com violência, guerras e operações militares. Essas mulheres, depois de muito sofrimento se juntaram a benfeitores que as acolheram. Pelo que eu entendi haviam regras para que as mulheres pudessem se tornar beguinas, mas não encontrei quais eram as regras, mas parece que eram regras menos rígidas que para se entrar em conventos regulares.

As Beguinarias são normalmente um quarteirão com prédios voltados uns pros outros com um grande espaço ao centro. Geralmente o quarteirão é cercado por um muro e isolado da cidade por um ou dois portões. É nesse local onde as beguinas mais idosas e pobres ficam alojadas para serem cuidadas por benfeitores.

O espaço da beguinaria é muito bonito e vale você entrar para ver como é.

Eu não cheguei a entrar em nenhuma das casas e nem em algum museu, pois queria caminhar mais pela cidade. Mas vi que existe um museu no local que pode ser muito interessante.

Saindo da beguinaria, continuei caminhando pela cidade no sentido da Belfry (torre do relógio) e da fábrica de chocolates. Percebe-se que a cidade é muito bem conservada e que hoje em dia o turismo é parte relevante da economia.

Brugge, Bruges, Belgica, Belgique, Belgium, Europa, Medieval, cidade medieval, medieval city, Flemish Béguinages

Portão de entrada da Beguinaria Flamenga de Bruges

Brugge, Bruges, Belgica, Belgique, Belgium, Europa, Medieval, cidade medieval, medieval city, Flemish Béguinages
Brugge, Bruges, Belgica, Belgique, Belgium, Europa, Medieval, cidade medieval, medieval city, Flemish Béguinages
Brugge, Bruges, Belgica, Belgique, Belgium, Europa, Medieval, cidade medieval, medieval city, Flemish Béguinages
Brugge, Bruges, Belgica, Belgique, Belgium, Europa, Medieval, cidade medieval, medieval city, Flemish Béguinages
Brugge, Bruges, Belgica, Belgique, Belgium, Europa, Medieval, cidade medieval, medieval city, Flemish Béguinages

 

 

Onze-Lieve-Vrouwekerk (Igreja de Nossa Senhora)

 

Brugge, Bruges, Belgica, Belgique, Belgium, Europa, Medieval, cidade medieval, medieval city, Onze-Lieve-Vrouwekerk, Igreja de Nossa Senhora, igreja, church

Altar da Igreja

Depois de sair da Beguinaria, caminhando pela cidade, encontrei a igreja romano-católica Onze-Lieve-Vrouwekerk (Igreja de Nossa Senhora).

Esta igreja é famosa por vários motivos, sendo os 2 principais: tem uma estátua de Michelangelo (Madona e a Criança) e tem a segunda torre mais alta do mundo, com 122,3m (perdendo somente pra Igreja de St. Martin, na Alemanha).

Antes desta igreja, já havia uma outra de 875. As modificações para a atual igreja datam do período medieval e outras modificações foram feitas ao longo do período, conferindo-a diversas características de cada época (século XV e XIV, por exemplo)

A Madona de Michelangelo data de 1504 e, provavelmente, ficava na Catedral Siena até ser comprada na Itália por 2 belgas (Jan e Alexander Mouscron) e doadas para a igreja em 1514, estando nela desde então. Uma curiosidade é que esta estátua, não só pela beleza mas por ter sido feita por Michelangelo, foi objeto de desejo dos nazistas, que, na época da Segunda Guerra Mundial, aproveitaram para "confiscar" a obra de arte. É bem interessante acompanhar este anexo da história em filmes (hollywoodianos mesmo) e entender como a boa catalogação da obra a fez voltar à igreja de Brugge 😉 e para a nossa sorte!

Brugge, Bruges, Belgica, Belgique, Belgium, Europa, Medieval, cidade medieval, medieval city, Onze-Lieve-Vrouwekerk, Igreja de Nossa Senhora, igreja, church
Brugge, Bruges, Belgica, Belgique, Belgium, Europa, Medieval, cidade medieval, medieval city, Onze-Lieve-Vrouwekerk, Igreja de Nossa Senhora, igreja, church, Michelangelo, Madona e a criança

Madona e a criança de Michelangelo

Brugge, Bruges, Belgica, Belgique, Belgium, Europa, Medieval, cidade medieval, medieval city, Onze-Lieve-Vrouwekerk, Igreja de Nossa Senhora, igreja, church

A igreja vista a partir da Belfry (Torre do Relógio)

Brugge, Bruges, Belgica, Belgique, Belgium, Europa, Medieval, cidade medieval, medieval city, Onze-Lieve-Vrouwekerk, Igreja de Nossa Senhora, igreja, church

Vista a partir do canal

Além da Igreja de Nossa Senhora, existe também a Sint-Salvatorskathedraal ou Cathedral de St. Salvador. Eu não cheguei a entrar na catedral, apenas avistei-a a partir da Belfry (Torre do Relógio).

Brugge, Bruges, Belgica, Belgique, Belgium, Europa, Medieval, cidade medieval, medieval city, igreja, church, Sint-Salvatorskathedraal

A Sint-Salvatorskathedraal

Brugge, Bruges, Belgica, Belgique, Belgium, Europa, Medieval, cidade medieval, medieval city, igreja, church, Sint-Salvatorskathedraal, Onze-Lieve-Vrouwekerk

A Onze-Lieve-Vrouwekerk à esquerda e a Sint-Salvatorskathedraal à direita

 

 

Memling in Sint-Jan

 

Saindo da Igreja, pelo caminho, pude ver várias pessoas andando de bicicleta e vários becos medievais. Olhando pra algo que me parecia um beco encontrei o famoso Memling in Sint-Jan (Hospital de São João). O hospital é um lugar medieval lindo e que vale a visita.

Brugge, Bruges, Belgica, Belgique, Belgium, Europa, Medieval, cidade medieval, medieval city, Memling in Sint-Jan

Entrada da complexo do Hospital Memling in Sint-Jan

Brugge, Bruges, Belgica, Belgique, Belgium, Europa, Medieval, cidade medieval, medieval city, Memling in Sint-Jan

Esse hospital é um dos mais antigos ainda existentes na Europa. Ele foi utilizado durante a Idade Média e estava em funcionamento até 1976! Era um lugar que recebia a população doente e viajantes que precisavam de cuidados médicos.

O espaço que antes era somente um hospital foi mais tarde expandido com a construção de um monastério e um convento. No século XIX muitas construções começaram ser feitas no entorno no hospital.

Atualmente o complexo hospitalar é parte do popular Museu Hans Memling  (nome do pintor alemão). Além do museu, o antigo hospital é utilizado para congressos e como centro de exposições (chamado Oud Sint-Jan). Neste museu você encontra muitos aparelhos utilizados e que são considerados equipamentos médicos históricos! Além disso, há a própria estrutura do edifício a ser descoberta! E como o museu leva o nome do pintor alemão, você confere também obras do mesmo!

Aproveitando a foto abaixo onde é possível ver o complexo do Hospital Medieval através de um canal, vale dizer que há muitos canais pela cidade, motivo pelo qual a cidade foi apelidada como "Veneza do Norte".

Brugge, Bruges, Belgica, Belgique, Belgium, Europa, Medieval, cidade medieval, medieval city, Memling in Sint-Jan

Entrada do hospital

Brugge, Bruges, Belgica, Belgique, Belgium, Europa, Medieval, cidade medieval, medieval city, Memling in Sint-Jan
Brugge, Bruges, Belgica, Belgique, Belgium, Europa, Medieval, cidade medieval, medieval city, Memling in Sint-Jan

O hospital Memling in Sint-Jan visto do canal

 

 

Passeio de barco pelos canais

 

Eu adoro passear de barco e não poderia sair da cidade sem fazer um passeio por seus canais. Se não me engano o passeio custa cerca de €7 e o ponto de partida é na Praça Brug.

Havia uma fila grande de turistas, mas que andou rápido.

Além de curtir o passeio de barco e ver a cidade de outro ponto de vista, o condutor do barco é um guia que vai explicando (acho que há opções de guias que falam holandês, francês e inglês) sobre os prédios históricos e das várias histórias da cidade. É um passeio que vale muito a pena fazer.

Repare na foto ao lado, é a Belfry (Torre do Relógio). Depois vou falar mais sobre ela, mas já vale saber que é Patrimônio Mundial da UNESCO (são 56 torres de relógios que são patrimônio mundial em toda a Europa)!

Brugge, Bruges, Belgica, Belgique, Belgium, Europa, Medieval, cidade medieval, medieval city, passeio pelos canais
Brugge, Bruges, Belgica, Belgique, Belgium, Europa, Medieval, cidade medieval, medieval city, passeio pelos canais
Brugge, Bruges, Belgica, Belgique, Belgium, Europa, Medieval, cidade medieval, medieval city, passeio pelos canais
Brugge, Bruges, Belgica, Belgique, Belgium, Europa, Medieval, cidade medieval, medieval city, passeio pelos canais
Brugge, Bruges, Belgica, Belgique, Belgium, Europa, Medieval, cidade medieval, medieval city, passeio pelos canais

 

 

Praça Brug

 

 

Bom, aproveitando que estamos falando de um passeio que se inicia e termina na praça Brug, vou mostrar mais detalhes sobre a praça ligada à principal rua de comércio da cidade. Todo o centro de Bruges é considerado Patrimônio Histórico pela UNESCO, por sua arquitetura e capacidade de ilustrar o comércio e cultura medieval europeia. Para quem não sabe, todas as importantes cidades da Bélgica possuem um ponto em comum: a praça com o mercado.

A praça possui muitos exemplos de prédios em arquitetura gótica (Brick Gothic) com características típicas do norte europeu e báltico, tendo reconhecido valor histórico.

 
Na praça Brug fica também a Basílica do Sangue Sagrado, uma das menores basílicas do mundo. Construída no século XII, possui um relicário que acredita-se que veio da Terra Santa, com o sangue de Jesus Cristo.
 
Caminhando por tanta história você vai se deparar, não somente com lojas de chocolates e cervejas, mas também com o Tintin e seu fiel cão, das "Aventuras de Tintin". Este é um famoso personagem criado em 1929 pelo belga Georges Prosper Remi (conhecido como Hergé).
Brugge, Bruges, Belgica, Belgique, Belgium, Europa, Medieval, cidade medieval, medieval city, praça Brug

Ligação da Rua do Comércio com a Praça Brug

Brugge, Bruges, Belgica, Belgique, Belgium, Europa, Medieval, cidade medieval, medieval city, praça Brug, Tintin

Tintin nas ruas de Bruges

Brugge, Bruges, Belgica, Belgique, Belgium, Europa, Medieval, cidade medieval, medieval city, praça Brug
Brugge, Bruges, Belgica, Belgique, Belgium, Europa, Medieval, cidade medieval, medieval city, praça Brug

 

 

Grote Market e Belfry

 

Brugge, Bruges, Belgica, Belgique, Belgium, Europa, Medieval, cidade medieval, medieval city, Grote Market, Belfry

A Grote Market (Praça do Mercado)

Depois segui para a Grote Market (Praça do Mercado) onde fica o Belfry (Torre do Relógio). O Belfry é o edifício mais famoso da Praça do Mercado, além do mais alto e mais impressionante que qualquer outra construção fundada em 1240. Enquanto a maioria das construções da praça eram comerciais de negociantes de tecido e lã e centros de distribuição, Belfry foi construída para ser a casa de oficiais da cidade que performaram importantes funções financeiras para a prefeitura.

Ocorreram vários incêndios no Belfry, o primeiro foi devido ao forno, outros devido a grevistas e outros fatores, até que em 1822, quando a torre de pedra foi construída acabou reduzindo a ocorrência de incêndios.

Atualmente, a torre possui 47 sinos desenhados em 1741 por George Duméry. Os sinos são postos para tocarem para marcarem a hora e quando há eventos importantes.

Eu quis aproveitar a lista vista de lá de cima e paguei (acho que foram cerca de €10) para subir os 366 degraus até o topo e ver os sinos. Nas janelas da torre conseguimos saber o que estamos vendo através das indicações escritas nos beirais.

Brugge, Bruges, Belgica, Belgique, Belgium, Europa, Medieval, cidade medieval, medieval city, Grote Market, Belfry

A fachada da torre

Brugge, Bruges, Belgica, Belgique, Belgium, Europa, Medieval, cidade medieval, medieval city, Grote Market, Belfry

Praça do Mercado vista a partir da Torre

Brugge, Bruges, Belgica, Belgique, Belgium, Europa, Medieval, cidade medieval, medieval city, Grote Market, Belfry

Marcações nas janelas da Torre

Brugge, Bruges, Belgica, Belgique, Belgium, Europa, Medieval, cidade medieval, medieval city, Grote Market, Belfry

Estátua da praça

Além de todos esses pontos, há um que é muito interessante mas que não pude visitar que são os moinhos. Há 2 moinhos lindos em Bruges. Eles tem uma construção diferente e se você puder ficar mais que 1 dia em Bruges, vale a pena ir vê-los (procure por Bonne-Chière windmill).

 

 

Dicas de Cervejarias

 

Bom, claro que você também poderá visitar várias cervejarias, lojas de cervejas, comprar queijos e chocolates, além de ir ao museu/fábrica de chocolate.

Em um bate-volta não deu tempo de conhecer uma cervejaria e nem passar o fim da tarde num bar provando cervejas belgas. Mas se você puder, aproveite por mim!!

As recomendações que eu levantei foram:

  • De Halve Maan: tem tour (~45min, ~€10euros, se for final de semana tem que reservar com antecedência), 4 rótulos (Pale Ale, Dubbel, Tripel e Quadrupel) e é ponto histórico (única cervejaria ativa desde 1856!)
  • De Garre: é um ótimo bar localizado num beco (super medieval), tem enorme carta de cervejas e tripel própria
  • Cambrinus: tem mais de 400 rótulos de cervejas artesanais e a comida é ótima (se quiser dá pra aproveitar e almoçar lá)
  • Struise Biershop: rótulos exclusivos da Struise (só abre de quinta, sexta e sábado das 12h as 18h)
Brugge, Bruges, Belgica, Belgique, Belgium, Europa, Medieval, cidade medieval, medieval city, cerveja, beer

Loja de cervejas

Brugge, Bruges, Belgica, Belgique, Belgium, Europa, Medieval, cidade medieval, medieval city, cerveja, beer

Cervejas belgas

 

 

Chocolat Museum

 

Eu visitei o Museu do Chocolate. Tem muita informação sobre a história do chocolate mas não há demonstração da fabricação do chocolate, apenas sobre como fazer um bombom (fiquei tão decepcionada). Na verdade, não gostei desse museu não. Bom, de toda forma, é algo interessante para distrair a cabeça e, pelo menos, você ganha chocolate belga no final da demonstração sobre bombons rsrs

Brugge, Bruges, Belgica, Belgique, Belgium, Europa, Medieval, cidade medieval, medieval city, Chocolat Museum, Museu
Brugge, Bruges, Belgica, Belgique, Belgium, Europa, Medieval, cidade medieval, medieval city, Chocolat Museum, Museu

 

 

Finalizando....

 

Achei que a arquitetura de Bruges parece com a de Amsterdam com seus frontões, porém com um ar mais medieval. Mas cada uma com o seu jeitinho particular que chama a atenção! Bruges ainda sai na frente para os casais apaixonados, porque a cidade é bem romântica!

Mas não pense que é só isso, Bruges é uma das cidades medievais mais bonitas da Europa e é uma delícia passear por ela. Eu fiquei apenas um dia por lá, mas se você quiser aproveitar as cervejarias e pontos turísticos com calma eu recomendo pelo menos 2 dias.

Brugge, Bruges, Belgica, Belgique, Belgium, Europa, Medieval, cidade medieval, medieval city
Brugge, Bruges, Belgica, Belgique, Belgium, Europa, Medieval, cidade medieval, medieval city
Brugge, Bruges, Belgica, Belgique, Belgium, Europa, Medieval, cidade medieval, medieval city

 


 

 

Clique na imagem abaixo e abra o mapa dos locais indicados neste site:

 

mapa-bruges

Mais lugares para conhecer:

 

  • Passeio de carruagem pela cidade
  • Rua do comércio (Steenstrat)
  • Timtim
  • Grand Place
  • Campanário (Belfort)
  • Cervejarias
  • Fábrica de chocolate
  • O Palácio Provinciaal Hof
  • O castelo Het Kasteel van Loppem
  • Veja o mapa ao lado e fique atento às nossas indicações de padarias, cafeterias, docerias (para abusar do chocolate), restaurantes e galerias de arte 😉

 


 

Hospedagem:

Não houve hospedagem em Bruges, para isso, a base foi em Amsterdã. Mas confira no mapa ao lado algumas indicações de hotéis com boa localização e até alguns hostels!

ATENÇÃO: Algumas informações descritas no site podem mudar, como por exemplo, preços, horários de funcionamento e até mesmo endereços. Consulte sempre antes de ir! Não possuímos vínculos com as empresas, serviços e profissionais mencionados neste site 😉

Deixe seu comentário / Nenhum comentário

Itinerário de Viagem (C) Direitos reservados
desenvolvido por