EnglishPortugueseSpanish
SÃO PAULO: LESTE E NORTE
Postado por Estela T em fevereiro 13, 2017 Editado em setembro 16, 2019

Dicas de turismo em SÃO PAULO, cidade do Sudeste do Brasil incluindo as zonas Leste e Norte, com sugestões de passeios e etc.

Nota: pra ficar claro o que é classificado aqui como Norte e Leste, saiba que seguimos a definição do site SP-Turismo da Prefeitura da Cidade. Como já falamos, São Paulo tem muita coisa para explorar e, portanto, a todo momento as páginas dedicadas à capital paulistana estão sendo alimentadas por novas fotos, mais conteúdo e atualizações. Então sempre volte aqui para conferir, ok?

Dicas de turismo em SÃO PAULO Leste e Norte

NORTE

dicas para conhecer alguns pontos turísticos da zona norte e leste de são paulo

Pico do Jaraguá

O Parque Estadual do Jaraguá, mais conhecido como Pico do Jaraguá, eu descobri tardiamente porque eu achava que só se chegava lá em cima através de caminhada e eu, sinceramente, não conseguia me imaginar subindo tudo aquilo a pé. Ele é o ponto mais alto de São Paulo, sendo esta a altitude de 1.135m. O Parque é área de conservação ambiental e lá existem uma reserva indígena, que infelizmente não tive a oportunidade de conhecer.

Para subir até lá você pode ir de carro em uma via asfaltada, mais conhecida como "Estrada Turística do Jaraguá". Mas se quiser ir na raça a pé você pode pegar a "Trilha do Pai Zé" que possui 1450m de extensão.

A estrutura lá em cima não é bonita. Possui uma lanchonete simples e muitas crianças brincando perto dos olhares de seus pais. Possui ainda umas estruturas de concreto que sustentam antenas de televisão (daquelas de emissoras mesmo) e estacionamento.

Mas o ponto chave deste passeio é ver a cidade de São Paulo porque este é o maior mirante da cidade. Você vai ver basicamente a parte oeste da Grande São Paulo. Mas como São Paulo é imensa, você não vai conseguir ver prédios e avenidas como se vê em Paris, por exemplo (quando sobe na Sacré Couer). A dimensão aqui é outra... é gigante! Mas indo para outro lado o seu coração se alegra em ver uma imensa parte verde preservada e que te dá esperança na sobrevivência da humanidade!

Informações:
Horário de funcionamento: Dias e horário de funcionamento: das 7h às 17h. No horário de verão até 18h. Trilhas possuem acesso permitido até 16h, e no horário de verão até 17h. Para a prática de cicloturismo e caminhadas é permitida a entrada às 6h, mediante cadastro na sede administrativa da unidade. O estranho é que o site oficial do Parque não possui informações sobre os dias de funcionamento, mas eu fui de fim de semana.

As antenas do Pico do Jaraguá em São Paulo

As antenas do Pico do Jaraguá em São Paulo

De um lado parte da Mata Atlântica ainda sobrevivente visto do Pico do Jaraguá

De um lado parte da Mata Atlântica ainda sobrevivente

Do outro lado a imensidão de concreto da cidade visto do Pico do Jaraguá

Do outro lado a imensidão de concreto da cidade

Dicas de turismo em SÃO PAULO Leste e Norte

LESTE

Dicas de turismo em SÃO PAULO Leste e Norte

Museu da Imigração

Fachada do Museu da Imigração em São PauloO Museu da Imigração fica no bairro da Mooca no fim de uma rua sem saída que dá para os trilhos do trem. A rua é bem deserta e esquisita, então, se você não estiver de carro, sugiro chegar lá de taxi, porque não recomendo que você ande a pé por lá.

Para mim, até o dia da minha visita, acreditava que o Museu do Imigrante não passava de uma grande acervo sobre os imigrantes. Estava completamente enganada! Após a reformulação de 2014, o então Memorial do Imigrante passou a ser chamado de Museu da Imigração e o que encontrei lá é digno de museu internacional!

Me espantei em saber que, o que vi por lá, é uma exposição temporária de longa duração, mas estou torcendo para que seja uma exposição permanente!

Fomos num sábado de Março/2016 e tivemos a sorte de estarmos no dia de gratuidade na visita. Logo que entramos fomos direto ao pequeno estúdio fotográfico onde você pode tirar fotos sérias com roupas da época que ocorreu os registros de imigrantes. Como estávamos em 2, o valor cobrado foi de R$40. O preço aumenta conforme o número de pessoas, mas não tiramos fotos, vai ficar pra próxima.

Ao lado do pequeno estúdio deu para ver um pouco da linha férrea e a plataforma de embarque e desembarque. É bem interessante o que eu senti, já que eu sei que minha avó passou por lá.

Em frente ao prédio há um jardim muito gostoso que te convida a sentar nos seus banquinhos e observar tudo com muita calma e paz. Há uma lanchonete bem simples no jardim que vale a pena tomar um bom café por lá.

Local para tirar fotos vintage no Museu da Imigração em São Paulo

Detalhe do cenário do estúdio de fotografia

Trilhos do Museu da Imigração em São Paulo

A plataforma e a linha do trem

Obra de arte de Nuno Ramos no Museu da Imigração em São Paulo

Obra "É Isto um Homem?" de Nuno Ramos

Museu da Imigração em São Paulo

Início da visita

Museu da Imigração em São Paulo

Espaço expositivo com cartas de imigrantes ou parentes

Museu da Imigração em São Paulo

Muitos objetos expostos e fotografias

O Museu do Imigrante abarca a história dos milhares de imigrantes que desceram no Porto de Santos e foram até o prédio do museu. Na época além de ser a estação final dos imigrantes, era um complexo completo de assistência a estas pessoas.

O Brasil possui milhares de imigrantes que viajaram para terras brasileiras com o sonho de construir suas vidas nas lavouras de café e na indústria paulista. O museu possui muita interatividade e você aprende como os imigrantes contribuíram e muito para o desenvolvimento da cidade e do país, não apenas contribuições sociais e culturais, mas também na culinária.

Museu da Imigração em São Paulo

Simulação do alojamento

Museu da Imigração em São Paulo

Mural com vários sobrenomes que passaram por lá

Vídeo contando a rica contribuição dos imigrantes para o estado de São Paulo

Vídeo contando a rica contribuição dos imigrantes para o estado de São Paulo

Alguns objetos da época

Alguns objetos da época

O esquema da "Hospedaria do Imigrante"

O esquema da "Hospedaria do Imigrante"

museu-do-imigrante-extra-01

Uma câmera

 

Eu não me canso de afirmar que o museu é fantástico! Espero muito que continue assim. Dependendo do dia e horário, há visitas guiadas gratuitas. Existem mais duas salas de exposições temporárias no piso térreo e vale a pena visitar.

Eu já estou programando a minha volta a este museu que realmente... me deixou de queixo caído!

Informações:
Horário de funcionamento
: de Terça a Sábado das 09h-17h e Domingos das 10h- 17h.
Entrada: R$6,00 R$10,00 (atualizado em Setembro/2019)
Gratuidade aos Sábados
EndereçoRua Visconde de Parnaíba, 1316, Mooca
Para chegar lá você pode pegar o metrô e descer na estação Brás ou estação Bresser-Mooca e seguir de taxi.

Parque do Carmo

O Parque do Carmo ocupa uma área de 1.500.000m² e foi inaugurado em 1976. Possui um estacionamento pequeno e é um tanto difícil para chegar lá. Mas com paciência e persistência você consegue.

Lá dentro você encontra um Museu do Meio Ambiente, lagos, anfiteatro natural, aparelhos de ginástica, campos de futebol, ciclovia, pista de cooper, playgrounds, quiosques, churrasqueiras, gramado para piquenique, o lindíssimo e altamente disputado Bosque das Cerejeiras, Monumentos à Imigração Japonesa, Viveiro Arthur Etzel, o Bosque da Leitura, etc.

A vegetação predominante é composta por eucaliptais, remanescentes de Mata Atlântica, brejos, além de gramados, cafezal, pomar, bosque de cerejeiras-de-Okinawa e um viveiro de produção de espécies arbustivas.

Um dos grandes eventos mais esperados no Parque do Carmo ocorre no Bosque das Cerejeiras. Todo ano entre Julho e Agosto ocorre o Festival das Cerejeiras. O bosque possui cerca de 4.000 cerejeiras.

A cerejeira é a árvore símbolo do Japão e aqui em São Paulo, a maior colônia de japoneses fora do Japão, tornou-se marca dos descendentes da comunidade nipônica que vive na região da zona leste da cidade.

Assim como no Japão, a chegada das cerejeiras são comemoradas. Lá do outro lado do mundo a florada marca a chegada da Primavera. Como aqui é tudo diferente (no meio do inverno) a tradição de realizar o "hanami" não ficou de fora. "Hanami" é quando os cidadãos sentam sob as cerejeiras para contemplá-las. Há muita comilança também, com diversos piqueniques rolando!

Ainda não presenciamos a comemoração, mas alguns dias antes do Festival passamos por lá e o visual é realmente incrível!

Como eu disse, é um pouquinho complicado chegar no parque, principalmente para quem está longe de Itaquera. Mas vale muito a pena, muito mesmo porque o parque é muito bonito, super grande e o Bosque das Cerejeiras é sensacional!

Parque do Carmo em São Paulo
jardim das cerejeiras no Parque do Carmo em São Paulo
jardim das cerejeiras no Parque do Carmo em São Paulo
paro no Parque do Carmo em São Paulo
jardim das cerejeiras no Parque do Carmo em São Paulo
jardim das cerejeiras no Parque do Carmo em São Paulo

Informações:
Horário de funcionamento
: Diariamente, das 05h30 às 18h.
Entrada: Gratuito
Estacionamento pequeno e gratuito
Endereço: Avenida Afonso de Sampaio e Souza, 951. Ou Portão 3 - Avenida Osvaldo Pucci, s/nº

Para quem for de ônibus, segue dica das linhas que te levam lá:
2522-10 – Vila Progresso - Shopping C. L. Aricanduva
3027-10 - Vila Minerva - Shopping Aricanduva 
3062-10 – Conj. José Bonifácio – Term. Vila Carrão
Descer na Avenida Afonso de Sampaio e Souza, altura do número 951

 


 

Clique na imagem abaixo para abrir o mapa dos locais indicados neste site:

 

mapa sao paulo

 

Dicas de Restaurantes

 

Este assunto é complicado numa cidade como São Paulo, já que ela é altamente conhecida por seu cenário gastronômico. Ok.... Eu teria diversos lugares para indicar e talvez isso geraria uma página somente com estas dicas. Mas como eu sei que a lista de dicas vai demorar muito tempo (porque eu terei que voltar a alguns restaurantes para registros fotográficos). Vou começar com alguns (melhor que nada):

Esperem que virá.....

ATENÇÃO: Algumas informações descritas no blog podem mudar, como por exemplo, preços, horários de funcionamento e até mesmo endereços. Consulte sempre antes de ir! Não possuímos vínculos com as empresas, serviços e profissionais mencionados neste blog ?

Organize sua viagem com os serviços a seguir ->

Icons made by: Flat IconsFreepikIcon Pondmonkik, mynamepongNikita GolubevPixel BuddhaPixel perfectProsymbolsRoundiconsSmashiconssripTwitterVectors Market from Flaticon is licensed by CC 3.0 BY

Deixe seu comentário / Nenhum comentário

Itinerário de Viagem (C) Direitos reservados
desenvolvido por