EnglishPortugueseSpanish
Prédios contemporâneos de arquitetura inusitada
Postado por Estela T em março 7, 2016 Editado em dezembro 14, 2016
Valencia, Espanha

Valencia, Espanha

Por muitas vezes em nossas viagens nos deparamos com o inusitado e o assunto agora são os prédios contemporâneos de arquitetura inusitada, que chamam a atenção pela ousadia de suas formas.
Sendo estas a arquitetura paramétrica (mais orgânico) ou não, a grande maioria destes prédios chocaram as comunidades locais e foram alvo de críticas e muito incômodo quando os projetados foram apresentados. Mas, felizmente, após a inauguração, acabaram alavancando a paixão dos “ex-incomodados” e nossa também, lógico!

 

 

Berlin, Alemanha: Jüdisches Museum

 

Jüdisches Museum

Jüdisches Museum

Jüdisches Museum Berlin que é o Museu Judaico. Sua arquitetura é totalmente diferente em formato zig-zag. Estando no térreo não é possível perceber o formato dele, mas do lado de fora já dá pra perceber como ele é inusitado. Desenhado  pelo americano Daniel Libeskind, foi inaugurado em 2001. Possui 15.000m² e para entrar nele você deve se dirigir ao edifício em estilo barroco que fica ao lado e atravessar uma passagem subterrânea para entrar no prédio zig-zag.

O museu cobre a história dos judeus alemães ao longo de 2 milênios e é interativo. Muito moderno e com ótima expografia.

 

Praga, República Tcheca: Tančící dům

 

Tančící dům

Tančící dům

Tančící dům significa literalmente “A Casa Dançante” ou “Casa da Dança” e é um prédio de escritórios desenhado pelos arquitetos Vlado Milunić e Frank Gehry. No lugar que ele foi construído havia um prédio que fora destruído durante o Bombardeio de Praga, em 1945, na Segunda Guerra Mundial. A construção iniciou em 1994 e terminou em 1996.

Assim como vários conceitos arquitetônicos vanguardistas, o estilo não tradicional gerou controversas na época. O presidente tcheco da época, Václav Havel, viveu próximo deste prédio por décadas e apoiou o projeto, esperando que este se tornasse um centro de atividades culturais. Bem, ele não virou um centro cultural, por isso que não entramos nele. Mas a beleza dele é imensa, dá realmente a sensação de que os prédios estão dançando em leveza!

 

Valencia, Espanha: Ciutat de les Arts i les Ciències

 

Ciutat de les Arts i les Ciències

Ciutat de les Arts i les Ciències

A Ciutat de les Arts i les Ciències (Cidade das Artes e Ciências) é um complexo arquitetônico, cultural e de entretenimento desenhado por Santiago Calatrava e Félix Candela, e funciona desde 1998, sendo que o último complexo foi entregue em 2005. O complexo ajudou a cidade de Valência a conquistar visitantes do mundo inteiro devido à concentração de atrações culturais além do próprio projeto arquitetônico, que convenhamos, é lindo!

Apesar das críticas dos projetos de Calatrava por serem extravagantes, pouco funcionais e que não otimizam os espaços, não há quem diga que a estética de seus projetos são inusitados. Porque são. A foto abaixo foi tirada pelo Itinerário de Viagem e logo mais teremos uma página sobre a cidade de Valência. Aguardem!

 

Boston, EUA: Ray and Maria Stata Center MIT

 

Ray and Maria Stata Center MIT

Ray and Maria Stata Center MIT

Inaugurado em 2004, o Centro Ray e Maria Stata é um complexo acadêmico de 40.000 m² desenhado por Frank Gehry para o Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT). Hoje estão o Laboratório de Ciência da Computação do MIT e o Laboratório de Inteligência Artificial, o Laboratório de Sistemas de Informação e Decisão, bem como o Departamento de Linguística e Filosofia.

Como qualquer outro prédio inusitado, levantou muitas críticas negativas como o uso de vidros como paredes interiores que diminuem a privacidade daqueles que estão lá dentro, a ligeira inclinação das paredes de uma sala causa sensação de vertigem, superfaturamento da construção de US$283,5 milhões. Mas há aqueles que apontam projeto como o melhor de Gehry e que o sistema de circulação interna com nichos para reuniões improvisadas e encostos ao longo da parede são primorosos. A foto abaixo foi tirada pelo Itinerário de Viagem e logo mais teremos uma página sobre a cidade de Boston. Aguardem!

 

Roma, Itália: MAXXI Museo nazionale delle Arti del XXI secolo

 

MAXXI

MAXXI

Este museu dedicado à arquitetura e arte moderna e contemporânea é um achado em Roma. Desenhado pela arquiteta do momento, Zaha Hadid através de um concurso, foi inaugurado em 2010. A proposta inicial de Hadid era um complexo de 5 prédios, mas somente um foi aceito. O prédio ocupa 27 mil m² e tem o caráter desconstrutivista característico da arquiteta, refletindo o estilo avant-garde que fez da arquiteta um dos ícones contemporâneos de sua área e faz contraponto com a monumental arquitetura romana.

Além do design, o projeto abrange iluminação natural pelas vigas de concreto fino no teto e cobertura de vidro e sistemas de filtragem. As vigas, as escadarias e o sistema de iluminação linear guiam os visitantes pelo museu, realmente um passeio muito harmônico.

Deixe seu comentário / Nenhum comentário

Itinerário de Viagem (C) Direitos reservados
desenvolvido por