EnglishPortugueseSpanish
Conhecendo os Jardins de Claude Monet na Primavera
Postado por Estela T em abril 13, 2017 Editado em abril 24, 2017

Como fazemos parte da RBBV (Rede Brasileira de Blogueiros de Viagem), surgiu a mega oportunidade de abordarmos sobre a PRIMAVERA NO MUNDO. Como nos organizamos para conhecer os Jardins e a casa de Claude Monet em Giverny, França, justamente no começo da Primavera, nada mais perfeito do que juntar várias outras primaveras de blogs parceiros com a nossa experiência da primavera mágica em Giverny!

 

Fachada da casa de Claude Monet, Giverny, France, França, Europa, Europe

Fachada da casa de Claude Monet

Para quem conhece a cabeça de um artista, sabe que ele vai de alguma forma tentar achar o cenário perfeito para suas realizações. Com Monet não foi diferente e para alcançar respostas em sua pintura, ele acabou tendo a oportunidade de modelar um jardim do jeito que queria na cidade de Giverny, além de morar no mesmo local.

Este local é o Fondation Monet, onde o artista viveu de 1883 até sua morte em 1926. Neste período, ele tinha 7 jardineiros para cuidar de tudo. Além do jardim da casa, Monet adquiriu um terreno do outro lado do seu jardim, onde o rio Epte atravessa-o, criando, desta forma, um outro jardim com um lago. Foi justamente aí que ele produziu seus famosos quadros com ninféias e as pontes japonesas.

 

Giverny, Foundation Monet, France, França, Claude Monet

Quando você entra na propriedade é isso o que você vê

 

Vale a pena alertar que o começo da Primavera na França, sobretudo no norte, é frio.... gelado! E outra observação importante: chove, quase sem parar, uma chuva gelada! Usei casacos fortes, luvas e até boina! Mas não chega a ser um frio desesperador! Eu mesma acho que com o passar dos tempos, estou ficando cada vez mais friorenta...

 

Giverny, Foundation Monet, France, França, Claude Monet

A famosa ponte japonesa de Monet

 

Quando planejei viajar para a Normandia, eu simplesmente montei um roteiro para passar em locais por onde Claude Monet passou e pintou. Lógico que não fui a todos, porém, os principais eu fui. A casa dele era passagem obrigatória e sempre quis ir na Primavera, principalmente pelas tulipas.

 

Giverny, Foundation Monet, France, França, Claude Monet

Variedade em todos os lugares!

 

A data escolhida foi final de Abril, bem no começo da Primavera. Vale ressaltar que em Abril o frio ainda predomina e muito, mas tudo isso é recompensado quando você entra no jardim mágico, vê a casinha dele e aquele jardim florido e colorido! E as tulipas estavam lá, altas, enormes, coloridas, fortes, perfeitas. Eu havia lido em algum lugar que final de Abril era justamente o momento das tulipas, então, me programei para estar lá!

 

Diversas flores e cores

Diversas flores e cores

 

É muito interessante notar a quantidade de flores que o jardim comporta. São flores de todo o tipo, algumas eu nunca tinha visto na vida e jamais saberia da existência delas se não tivesse ido ao Fondation! Para quem quiser conhecer o local, fique sabendo que a cada mês, a florada muda. Para se ter uma noção do que você pode encontrar, checa só a lista abaixo:

Abril: narcissus, tulipa, jacinto, jonquil, pansy (ou amor perfeito), fritillaria, margarida (ou Asteraceae).
Maio: azáleasRododendro, início da florada dos Íris, wallflower (ou erysimum), wisteria.
Junho: rosa, clematis, poppy, laburnum, juliennes (ou Hesperis matronalis), tamarix.
Julho: rosaclematis  snapdragon (ou antirrhinum), tabaco (provavelmente do tipo nicotiana rustica), salvia, verbena, soleil (provavelmente girasol), sanvitalia, coreopsis, dahlia, cleome, cosmos, rudbeckia, gladiolus, ageratum, malvas, início das nenúfares (ninféias)
Agosto: dahliacosmos, hibiscus e fim das nenúfares.
Setembro: começo dos tropaeolum majus (conhecido na France como capucines) no corredor central, asterdahliacosmos, rudbeckias ...
Outubrodahlia até início da geada

 

Como deu para perceber, o Foundation Monet fica fechado entre Novembro e Março, sendo assim, nada de Jardins do Monet no Inverno!

 

_DSC1074a

 

Você pode ler um pouco mais sobre a região da Baixa Normandia, que é onde se encontra a cidade de Giverny, clicando aqui. Além disso, damos dicas para ter uma refeição gostosa!

Informações para visitar:
Horário de funcionamento: Aberto diariamente do fim de Mar a fim de Out das 9h30 às 18h.
Entrada: €9,50 (há vários tipos de bilhetes conjugados com outros museus, até o Orangerie de Paris. Para saber mais clique aqui)
Endereço: 84, Rue Claude Monet 27620 Giverny
Proibido tirar fotos dentro da casa.

Como ir de trem: Nós fomos de carro e garanto que é fácil fácil chegar lá (usando um bom GPS), mas para sair de Paris de trem deve pegá-lo na estação Gare Saint-Lazare. Compre o bilhete da rede ferroviária SNCF com destino à cidade de Vernon (na rota Paris-Rouen). A rota deve levar mais ou menos 50 minutos e quando você chegar na estação de Vernon haverá um ônibus pago (não sei o valor) que leva turistas para Giverny e o trajeto leva mais 20 minutos.

Dica: Quando você comprar o bilhete no site da SNCF ou na bilheteria da Gare, não esqueça de marcar a opção “Trajets directs uniquement”, porque, desta forma, a sua viagem será sem escalas.

Giverny, Foundation Monet, France, França, Claude Monet

Vista do jardim a partir da janela do segundo andar da casa

Giverny, Foundation Monet, France, França, Claude Monet

Florido até no lago!

Giverny, Foundation Monet, France, França, Claude Monet

Mais detalhes!

Giverny, Foundation Monet, France, França, Claude Monet

Como as pinturas!

Deixe seu comentário / 5 Comentários

  1. Oi Estela, que encanto essa explosão de cores! Essas fotos estão lindíssimas, adorei o post! Beijos de Firenze, Denya

    • Responder
      Estela T

      Obrigada Denya! Fico muito feliz pelo feedback! bjbj

  2. Esse lugar parece ser maravilhoso. Eu não tive a chance de conhecer, mas está na minha lista. Lindas fotos. Abraços.

    • Responder
      Estela T

      É maravilhoso sim! E se já está na lista, é só ir 😉 bjs

  3. […] Itinerário de Viagem – Conhecendo os Jardins de Claude Monet na Primavera […]

Itinerário de Viagem (C) Direitos reservados
desenvolvido por